A INDÚSTRIA NA VILA DE ALENQUER

€10,00
5

José Henrique Leitão Lourenço, A Indústria na Vila de Alenquer (1565-1931), Alenculta Editorial, Alenquer, 2017. 271 pp. Capa Mole.

A obra que agora damos à estampa incide sobre um dos períodos áureos da história da Vila de Alenquer – grosso modo, os últimos 200 anos -,marcado essencialmente pela utilização de um dos recursos essenciais à vida, largamente disponível nesta vila.

A utilização da água do rio – integrante essencial nas indústrias têxtil, do papel e do cartão -, e o aproveitamento da energia hidráulica sustentaram um desenvolvimento industrial muito significativo que, pela sua dimensão, ultrapassou os limites singelos da vila.

Essa época – que desenhou alguns dos traços mais evidentes e distintivos da fisionomia atual da vila -, pelo evoluir das técnicas, pelo encerramento de todas as fábricas, pelo apagamento dos vestígios, pelo desleixo na preservação desse património industrial e pelo desconhecimento e desinteresse das pessoas, caiu num esquecimento quase total, apesar de constituir um dos períodos mais importantes da história de Alenquer.

Mas, nem pela sua dimensão e importância deixa de ser uma das facetas menos conhecidas da história local de Alenquer.

É por isso que a ALENCULTA – Associação Cultural do Concelho de Alenquer, na prossecução dos seus objetivos estatutários, se empenhou, desde a primeira hora, em colocar à disposição dos Alenquerenses esta obra, valiosa e pioneira.

Valiosa pela qualidade intrínseca do trabalho científico, de mérito reconhecido, realizada pelo autor, mas valiosa também pelo papel que ela assume para o conhecimento e a preservação da memória e da identidade da comunidade alenquerense.


Condição: Novo